NCHA Futurity 2019: Metallic Rey Mink é vencedor da categoria aberta

No dia 15 de dezembro aconteceu o NCHA Futurity 2019 (National Cutting Horse Association), na cidade de Fort Worth, no Texas, Estados Unidos.

O atleta Gary Bellenfant, cavaleiro da Galeria de Fama, foi o ganhador de dois títulos na modalidade Apartação e um lugar nos livros da história com sua vitória montando o animal Metallic Rey Mink, de criação e propriedade de Los Jaboncillos Ranch, Premont, Texas.

Além disso, Gary Bellenfant tem 69 anos e é o cavaleiro mais velho da história a ganhar um título nos eventos da Tríplice Coroa da NCHA e também levou o título da categoria Sênior. Em 1995, ele também ganhou o NCHA Futurity com o animal Peptoboonsmal e bateu o recorde de tempo entre títulos dos eventos da Tríplice Coroa.

O título de 2º lugar e reservada campeã ficou com a égua Twice In Santiago, montada por Adan Banuelos e nota 223. Ela é filha de Once In A Blu Boon, de propriedade e criação de Double Dove Ranch, Fort Worth, no Texas.

A 3ª colocação ficou com Hot Whittle Kitty montado por Cookie Banuelos, do Paula Gaughn, em Las Vegas, Nevada e Pipe Bomb Dream montado por Geoffrey Sheehan, do Beechfork Ranch, em Weatherford, Texas, empatados com 220 de nota.

Em entrevista, Bellenfant disse que “Esse é mais importante para mim porque eu achava que o outro fosse o último”. Ele se apresentou como finalista do NCHA Futurity pela primeira vez em 1978, aos 28 anos, apresentando a filha de Doc Bar, Docs Linda, a partir de então, foi finalista 12 vezes e semifinalista 30 vezes.

Por: Vitória Junqueira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *