Mangalarga: mudanças no credenciamento de animais para a Nacional 2020

Foram feitas mudanças no regulamento para credenciamento dos animais montados na Exposição Mangalarga Nacional de 2020. Os potros com até 36 meses (3 anos) que forem para a Nacional precisam participar de pelo menos duas Exposições classificatórias e os animais montados passam a seguir estes mesmo requisitos para credenciamento.

Na categoria Mirim, cavalos e éguas não precisam passar por provas classificatórios. Mas nas categorias Júnior, os animais entre 42 e 48 meses precisam fazer duas provas credenciadoras, sendo uma obrigatoriamente Exposição e a segunda tendo alternativa de ser Exposição ou Copa de Marcha.

Os animais acima de 48 meses precisam participar de três provas, sendo que obrigatoriamente devem fazer ao menos uma exposição e uma Copa de Marcha, a terceira prova fica a critério do expositor.

A última novidade é que a Exposição Brasileira terá peso 2 no processo de credenciamento para a Nacional, isso exclusivamente para expositores que se enquadrem nos quesitos usuários ou pequenos criadores, ou seja, os que têm no máximo 10 animais em seu plantel..

A Diretoria de Exposições visa a valorização das Exposições Regionais Classificatórias, além de estimular a participação nas Copas de Marcha, com estas alterações no regulamento das provas.

Por: Vitória Junqueira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *